Orgulho e Paixão: Julieta se nega a transar com Aurélio e revela abuso que sofria do pai de Camilo

Aurelio (Marcelo Faria) e Julieta (Gabriela Duarte) de Orgulho e Paixao
Publicidade

Nos próximos capítulos de Orgulho e Paixão, Julieta (Gabriela Duarte) e Aurélio (Marcelo Faria) estarão prestes a transar, mas a baronesa se negará e falará que o amado e ninguém nunca compreenderá o motivo da sua recusa.

Leia: Orgulho e Paixão: Ofélia pressiona para Lídia casar logo com Otávio

O filho do Barão (Ary Fontoura) se mostrará compreensivo e a Rainha do Café se abrirá. “Eu fui vítima de uma violência. Um homem se aproveitou de mim da maneira mais sórdida. Fui violada quando menina”, revelará a mãe de Camilo (Maurício Destri).

Continua depois da publicidade

Saiba mais: Orgulho e Paixão: Xavier bate em Mário e Brandão fica maluco de raiva

“Quem foi o canalha? Eu mato esse filho da mãe”, reagirá o pai de Ema (Agatha Moreira). “Não há nada que você possa fazer contra ele. O homem que me violentou está morto. É meu falecido marido, Osório, o pai de Camilo”, lamentará a viúva.

“Nunca me entreguei a ele consensualmente. Mas Osório era sádico: quanto mais eu me debatia, mais ele gostava. Vivia machucada, mas escondia de todos porque tinha vergonha, medo. Com o tempo parei de resistir. Ficava parada, muda. Pelo menos esse gosto não dava a ele. Foram anos a fio”, contará a mulher.

“Eu o vejo e me vem o desejo do seu toque, de ser beijada, acarinhada, mas não consigo. Quem quer uma mulher assim?”, avaliará Julieta. “Assim como? Linda, inteligente, digna? Uma mulher poderosa e forte e ainda capaz de reconhecer e sofrer por seus erros, como fez com Camilo? Eu quero você para minha vida toda. Do jeito que puder te ter. Do modo que te fizer feliz”, rebaterá Aurélio.

 

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade