Publicidade

Deus Salve o Rei: Em reunião, Afonso decide como fazer para retirar Rodolfo do poder

Publicidade

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, certo de que lutará para tirar seu irmão Rodolfo (Johnny Massaro) do trono de Montemor, Afonso (Romulo Estrela) que agora tem o apoio de Amália (Marina Ruy Barbosa) e Cássio (Caio Blat), decide em reunião como fará para realizar o plano para destronar o rei.

Veja também: Amália volta atrás e concorda que Afonso deve lutar para assumir o trono de Montemor

Afonso está reunido com cerca de nove pessoas integrantes do levante e contempla todos os presentes. “O plano, em linhas gerais, se resume a: nos infiltrarmos no castelo, sequestrarmos o rei…”, inicia Cássio. “…e fazê-lo assinar a renúncia ao trono em favor de Afonso.”, continua Amália. Ouve-se alguns murmúrios em concordância.

Continua depois da publicidade

Veja também: Tiago termina seu namoro com Diana

“A vida do meu irmão deverá ser preservada. Proponho que ele seja exilado.”, afirma Afonso. “Isso pode ser um problema! Um príncipe herdeiro exilado sempre poderá, um dia, reclamar o trono de volta.”, contesta Elói (Glicério do Rosário). Afonso mantém firme a sua decisão e diz que essa é uma condição inegociável, a vida de seu irmão deve ser preservada, pois não quer seu sangue em suas mãos. “E Catarina? O que vamos fazer com ela?”, pergunta Elói novamente. “Também será exilada. Nós estamos lutando por justiça, não somos assassinos.”, Afonso reafirma.

Veja também: Amália e Catarina trocam farpas em casamento

Amália impõe que assim que saírem do castelo com os dois, Afonso deve ser proclamado rei logo em seguida. “É fundamental para acalmar o povo e ganhar o apoio de todos.”, afirma. “Tão logo o dia amanheça, eu farei chegar ao povo uma convocação para seu primeiro pronunciamento.”, diz Cássio.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade