Tempo de Amar: Lucinda aceita tomar chá e conversar com Fernão

Publicidade

Depois de esbarrar com Fernão (Jayme Monjardim) na rua, Lucinda (Andréa Horta) aceitará tomar um chá com ele, em Tempo de Amar.

Durante a conversa, a vilã vai ficar tentando esconder a cicatriz. “Você pretende estabelecer-se no Brasil?, perguntará.

“Sim… É um país cheio de oportunidades… E de boas surpresas…”, responderá todo charmoso.

Continua depois da publicidade

Veja também: Lucinda descobre que Maria Vitória é filha de José Augusto, em Tempo de Amar

“Você faz o quê, Fernão?”.

“Sou médico…”, revelará à moça.

“Doutor Fernão… Meu pai também é médico…”.

“Não me digas…? Talvez ele possa informar-me sobre as possibilidades no Rio de Janeiro…”, indagará.

“Duvido… Meu pai já não tem clinicado… Praticamente aposentou-se…”, contará Lucinda.

“E teu marido, o que faz?”.

“É músico…”.

“A música brasileira é admirável…”.

“Meu marido é português, como você…”, revelará.

“Nós, portugueses, temos bom gosto… Eu sou do Norte, mas vivi praticamente todo o tempo entre Coimbra e a Cidade do Porto… E tu, moras aqui perto?”.

“Eu não moro no Rio de Janeiro… Vivo em uma cidadezinha próxima, muito bonita…”.

“Tu contas tudo pela metade…”, reclamará Fernão.

“Não costumo abrir-me com estranhos…”, rebaterá Lucinda.

“Mas o homem que salvou a tua vida é um estranho? Não deveria ser…”, dirá referindo-se a floreira que quase atingiu a vilã.

“Está bem… Eu moro em São Vital, uma cidade que pouca gente conhece… E basta…”.

“Não deverias preocupar-te tanto em esconder essa cicatriz… Tu és muito formosa…”.

Neste instante, Lucinda dirá que precisa ir embora e vai se levantar. “Obrigada pelo chá, Doutor Fernão…”.

Tempo de Amar vai ao ar na Globo, de segunda a sábado, na faixa das 18h.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade