BBB19: Caso de estupro contra Vanderson Brito é arquivado após depoimento

Publicidade

Vanderson Brito prestou depoimento à polícia de Rio Branco, no Acre, nesta quinta-feira (25) após ser desclassificado do BBB19. Ele recebeu acusações de estupro, importunação sexual e importunação ao pudor. O caso de estupro foi arquivado. A informação foi confirmada ao UOL pela delegada Juliana de Angelis Carvalho da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

Leia também: BBB19: Brothers celebram Líder e Anjo durante almoço

“O inquérito foi arquivado por decadência, ou seja, tendo em vista que a representação foi feita após o prazo de seis meses. Não há que se falar em falta de provas como motivo”, informou Juliana. O suposto caso de estupro teria ocorrido em 2016. À época, a legislação afirmava que o prazo para que a vítima fizesse denúncia era de até seis meses. O que foi feito só agora no início de 2019 após anúncio de que Vanderson estaria no reality show da Globo.

Continua depois da publicidade

Os inquérito sobre as acusações de importunação sexual e importunação ao pudor seguem em andamento. Após prestar depoimento à polícia, Vanderson ressurgiu nas redes sociais e fez desabafo. “A verdade é uma só. Tudo será esclarecido”, disse.

Veja mais: BBB19: Alan e Rodrigo conquistam primeiro Anjo duplo da temporada

Rita Salim, delegada da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio, esteve na Globo, nesta quarta-feira (23). Ela intimou Vanderson a prestar depoimento sobre as acusações de mulheres contra ele. Por ter deixado a casa, automaticamente foi desclassificado. A polícia descartou a possibilidade de ouvir Vanderson no confessionário.

+ ACOMPANHE TUDO SOBRE O BIG BROTHER BRASIL 19

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade