“Frequentemente pessoas questionam a sexualidade dele”, conta Theodoro Cochrane sobre seu personagem em O Sétimo Guardião

Publicidade

De volta as novelas da TV Globo após quatro anos, Theodoro Cochrane está no elenco de O Sétimo Guardião. Essa será sua primeira novela de Aguinaldo Silva. O ator que é filho da atriz e apresentadora Marília Gabriela, será Adamastor Crawford.

O rapaz é uma espécie de braço direito de Ondina, dona do cabaré/pousada de Serro Azul. Segundo Theodoro, o seu personagem vive uma série de conflitos em relação a sua orientação sexual e ao preconceito que sofre por ser um homem elegante. Confira:

Leia também: “Uma alcoólatra que sonha em engravidar”, revela Vanessa Giácomo sobre O Sétimo Guardião

Como é o seu olhar sobre essa novela?

“O meu olhar para essa novela é de muita admiração. Aguinaldo Silva é um dos grandes autores da dramaturgia brasileira. Teremos uma volta ao realismo fantástico após vinte anos, desde A Indomada e teremos também personagens sendo revisitados. Como ator é maravilhoso você estar participando de uma novela que celebra o Brasil, celebra esse autor e faz uma crítica de uma maneira mais onírica e mágica em momentos tão delicados que estamos vivendo”.

Personagem

O que você está achando do personagem?

“O Adamastor Crawford, meu personagem, é o braço direito da Ondina (Ana Beatriz Nogueira), a dona do cabaré/pousada da cidade. Durante o dia a gente comanda a pousada, mas a noite vira o cabaré. Onde temos as nossas colegas rameiras, que dançam com a gente. Ele veio de Greenville, é filho de ingleses puro sangue. Ele adora o cinema clássico, é fã da Bette Davis e da Joan Crawford, é daí que surge o nome dele. O Adamastor se veste de uma maneira “cinema no ar”, muito brilho, muita renda, veludo e tecidos nobres. É um cara que sempre está impecável, sempre com uma vaidade muito grande. Ele tem um certo mistério e você não sabe se esse mistério é realmente do personagem ou se é do universo que ele admira e logo depois tenta replicar na vida dele”.

Você como artista, está curtindo o figurino?

“Eu estou amando. Eu sou figurinista também. Enquanto eu fazia faculdade de teatro a noite, de manhã eu fazia faculdade de desenho industrial. E aí me pediram para aproveitar que estava fazendo desenho industrial, para fazer figurinos. Até hoje já fiz 40 figurinos e uns 30 cenários. Mas, eu gosto muito dessa parte do trabalho e principalmente para a televisão, conta muito como você aparece para as pessoas em um único frame, bem como em uma única fotografia. Assim também, como me olhar no espelho antes de entrar em cena é super encorajador e me dá muito prazer em fazer”.

Romance

O Adamastor vai se apaixonar por alguém?

“É uma cidade pequena e ele sofre muito bullying por ele ser um homem muito elegante. Frequentemente pessoas questionam a sexualidade dele, mas ele não leva desaforo para casa. Eu acho que ele vai se apaixonar sim, mas a princípio eu tenho a sensação de que ele já é apaixonado por um dos personagens, porém eu acho que não posso falar. Ele sofre um pouco com isso, para se aceitar do jeito que é, se é gay ou não é. Enfim, se ele é apaixonado por um bad boy da cidade, que é extremamente homofóbico.

A gente sempre fala que quando as pessoas têm um embate muito grande, no fundo tem uma atração. Ele briga muito com as pessoas, em especial com o bad boy da cidade. Que é o personagem do José Loreto. Entre um capítulo e outro eles saem quase na porrada. Mas nunca se sabe se afinal eles vão se bater ou se vão dar um beijo na boca”.

Você está curtindo contracenar com o José Loreto?

“Eu estou curtindo muito. Primeiramente eu não conhecia o Loreto, ele é uma doce criatura. Tem sido divertidíssimo contracenar com ele. A gente tem muita cena física e poderia cair para o humor. A gente faz coisas engraçadas, temos muita vontade de rir. Eu acho que a melhor coisa é essa, você estar em cena e ter vontade de rir, de tão leve que é tudo. São cenas muito grandiosas”.

Conflitos

Esse conflito dele ser ou não ser gay, agora que isso está tão forte e temos também os casos de homofobia. Esse papel pode servir para levantar uma bandeira?

“Nós estamos num momento muito delicado para abordar certos assuntos. Mas antes de mais nada, a sensação que temos é que vamos voltar, regredir alguns passos que a gente lutou durante tantos anos para serem aceitos. Ao mesmo tempo, eu acho que é uma bandeira importante que o personagem levanta contra a homofobia. O personagem da diversidade sexual no horário das nove, definitivamente sempre atrai uma atenção para essa discussão que já é mais do que antiga. Mas infelizmente ainda é muito presente na nossa vida. A gente tem candidatos que defendem certas opiniões polêmicas, porém eu sou e acho que o personagem é, o defensor do amor, da aceitação e da liberdade de expressão. Eu acho muito importante estar levantando essa bandeira, bem como tantas outras bandeiras que essa novela vai levantar.”

Essa é a sua primeira novela do Aguinaldo e ele gosta muito da sua mãe. Ele que trouxe a Marília Gabriela para a teledramaturgia. Como é isso para você?

“O Aguinaldo é muito amigo da minha mãe. Primeiramente, ele que trouxe ela para a teledramaturgia, em Senhora do Destino. Essa é a minha primeira novela dele e está sendo maravilhoso. É um baita de um presente, um personagem incrível. É o meu primeiro personagem fixo em uma novela das nove. O Aguinaldo está sendo um cara incrível para mim e eu só tenho a agradecer esse elenco. Os diretores, nossos operadores de câmera, todos os envolvidos, é todo mundo muito maravilhoso”.

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Espelho da Vida: Isabel tira satisfações com Alain: “Quem você tá pensando que é pra bater na minha filha?!”

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Priscila (Clara Galinari) deixará Isabel (Alinne Moraes) inconformada ao dizer que Alain (João Vicente de Castro), bateu nela porque a garota estava brincando dentro de casa. A moça não perderá tempo e irá tirar satisfações com o ex-noivo.

Leia também: Alain conta sobre seu encontro com André e irrita Cris

Alain trabalha no roteiro do filme e não percebe a chegada de Isabel. “Quem você tá pensando que é pra bater na minha filha?!”, diz Isabel irritada. “Tá louca? Quem disse que eu bati na Priscila? Ah, claro, só pode ter sido a própria… aprendiz de mau caráter…”, retruca logo depois Alain, que fica inconformado com a mentira de Priscila. Antes de mais nada, a discussão é levada a outros rumos e Isabel aproveita para se insinuar. “Eu não tenho culpa se você tem raiva de me desejar até hoje. Mas se vingar na Priscila é covardia! Eu não vou tolerar!”, provoca.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Alain conta sobre seu encontro com André e irrita Cris

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Alain (João Vicente de Castro) acabou tendo um encontro com André (Emiliano Queiroz) ao visitar o tumulo de seu avô, no cemitério de Rosa Branca. O rapaz não havia contado para a noiva, mas entregará tudo assim que Cris (Vitória Strada) acordar de um sonho.

Leia também: Cris compartilha novas descobertas com Margot

Cris está sentando na cama, ainda zonza após um sonho. Alain enfim, acorda logo depois. “A rosa… branca. Meu Deus…!”, diz Cris, comovida ao pegar a rosa ao mesmo tempo. Ele se preocupa e pergunta o que houve. Ela conta parte do sonho e ele resolve falar sobre seu encontro e uma conversa com André. “O André?! Falou com você?! O que ele disse, Alain? Por que não me contou?! O que ele queria? Mandou algum recado pra mim?”, dirá Cris atônita. Porém, Alain em síntese, comenta que não gostou do jeito que o senhor falou com ele.

Indignada

Logo depois veremos a cena da conversa entre André e Alain. “Me deu uma raiva danada da intromissão do cara… que negócio é esse de me perdoar, ele nem me conhece! Na hora nem me liguei que podia ser o tal André.”, dirá Alain. Mas, cris fica irritada ao saber que o noivo foi grosso com André. “Calma… só pedi pra ele me deixar em paz. Eu tava perturbado, Cris, lembrando do meu avô. Só depois que vi a rosa perto de mim é que saquei que era o “seu velho.”, concluirá Alain, que posteriormente diz que acabou jogando a rosa fora. “Não tou acreditando. Por que você não me contou isso antes? Essas rosas são tão… especiais!”, diz Cris indignada, que joga o travesseiro nele e sai da cama.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Cris tem um novo sonho com menino misterioso

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Cris (Vitória Strada) tem descoberto cada vez mais detalhes envolvendo a sua vida passada como Julia Castelo. Dessa vez, ela terá um novo sonho com um garoto misterioso, que na verdade é André (Emiliano Queiroz), o senhor que ela conheceu no cemitério.

Leia também: Chegada de Mauro cria confusão na pensão

O dia amanhece no casarão e Cris está dormindo ao lado de Alain (João Vicente de Castro). Ela começa a sonhar e de repente aparece toda de branco. Ela se aproxima de um menino que está sozinho e tristonho, mas que abre o sorriso ao vê-la. “Por que demorou tanto a voltar? Me leva com você desta vez? Por favor!”, dirá o menino logo em seguida. Ela afirma que já explicou antes, mas não pode leva-lo.

“Ele me obriga a chamar ele de pai… mas não gosta de mim! Vou fugir desta casa, não gosto dela.”, afirma o menino André. Cris pede que ele tenha um pouco mais de paciência. André, o garoto, pede que Cris prometa que voltará mais vezes. Ela enfim, promete e lhe entrega uma rosa branca. “Prometo! Quando essa rosa perder o perfume eu volto…”, concluirá.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Chegada de Mauro cria confusão na pensão

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Mauro César (Rômulo Arantes Neto) chegará em Rosa Branca para o início das gravações do filme, causando bagunça. Logo depois de Pat (Débora Ozorio) desmaiar ao receber o galã na porta da pensão, as mulheres presentes no local, irão causar um alvoroço ao notar a sua presença.

Leia também: Cris compartilha novas descobertas com Margot

Mauro está amparando Pat, que está desmaiada no salão principal da pensão. Valdete (Rosana Dias) se aproxima como quem quer ver para crer. “Jesus, Maria, José! Não acredito! É você, mesmo?”, dirá Valdete incrédula. Logo depois, ela corre para chamar Lenita (Luciana Paes) e Dona Gentil (Ana Lucia Torre). “Que gritaria é essa? O que é que tá acontecendo aqui?! Epa, o que é que você tá fazendo em cima da Patrícia? (parte para cima) Sai daí, menino! Lenita! Quem é você?”, diz Gentil que vem de dentro ao ouvir a gritaria.

Quando a confusão começa enfim se acalmar, Mauro imediatamente tenta explicar o que está acontecendo. “Eu queria fazer uma surpresa pra galera. Vim de moto, amarradão, achei que ia ser a maior aventura… mas acabei me perdendo na estrada, meu celular ficou sem bateria… enfim… um inferno. Eu tava procurando a casa da dona Margot, bati aqui pra ver se alguém me dizia onde.”, dirá o rapaz em conclusão.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

O Tempo Não Para: Dom Sabino revela a Emílio que Dona Agustina pediu o divórcio

Publicidade

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Dom Sabino (Edson Celulari) revelará a Emílio (João Baldasserini), que Dona Agustina (Rosi Campos) pediu o divórcio. “Então o senhor e Dona Agustina vão se separar. O senhor deve estar destruído… Eu sinto muitíssimo. Ajudarei no que for preciso. Conte comigo”, pontuará Emílio posteriormente. “Meu caro dr. Emílio… Não foi uma decisão minha, mas de minha esposa. Ninguém melhor do que o senhor para cuidar das questões legais do divórcio”, dirá Dom Sabino, pedindo ao futuro genro, para cuidar da papelada de seu divórcio. “Sinto-me triste, mas ao mesmo tempo lisonjeado pela confiança dos meus futuros sogros na minha pessoa… Já me sinto muito próximo, como se fosse da família”, responderá Emílio, mas com mistério na fala, e deboche ao mesmo tempo.

Leia também: Após presenciar o beijo entre Carmem e Dom Sabino, Dona Augustina confronta a rival

Nova advogada

De antemão, Dom Sabino questionará o por quê de estar triste; ao cuidar da documentação do divórcio dos futuros sogros. “Decerto que sim… O senhor será o marido da minha filha. O casamento será em breve. Triste coincidência. Enquanto se casa com nossa primogênita, cuida da separação dos sogros”, acrescentará enfim, Dom Sabino. Emílio revelará para Dom Sabino, que definitivamente ele não se sente bem em cuidar da papelada do divórcio dos Sabino Machado. “Dom Sabino, eu agradeço a deferência, mas creio que o mais correto é que outra profissional cuide dos assuntos do divórcio”, afirmará o bacharel. “E quem seria essa profissional?”, indagará posteriormente o magnata do século 19.

Antecipadamente, Emílio chamará uma de suas assistentes. “Esta é Belém Muniz de Toledo. Uma advogada muito experiente e de minha total confiança”, dirá Emílio, apresentando Belém para o futuro sogro. Dom Sabino concordará com a sugestão de Emílio. “Se é de sua confiança, dr. Emílio, é da minha também”, finalizará o pai de Marocas (Juliana Paiva). Logo depois, apertando a mão de Belém, com decisão no olhar.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

O Tempo Não Para: Cecílio pede ajuda a Mariacarla para processar Dom Sabino: “A senhora vai me ajudar?”

Publicidade

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Cecílio (Maicon Rodrigues) pedirá ajuda a Mariacarla (Regiane Alves) para processar Dom Sabino (Edson Celulari), já que o magnata do século retrasado; é pai de seu ex-escravo e nunca o reconheceu como filho. “Que história, Cecílio! Dom Sabino é seu pai… Creio que isso era muito comum na sua época”, relatará a advogada logo depois. “A senhora vai nos ajudar?”, questionará o jovem. Mariacarla responderá enfim que aceitará o caso. “Claro… Eu aceito o caso”, afirmará a profissional. Porém, Paulina (Carol Macedo), que levou o jovem ao escritório de Mariacarla, questionará a profissional em relação a sua ética, já que Mariacarla trabalhou para Dom Sabino no passado. “Mesmo que a doutora já tenha cuidado do caso do Dom Sabino? Isso não vai gerar nenhum problema?”, indagará a neta de Eliseu (Milton Gonçalves).

Leia também: Mais um casal! Vanda e Menelau se beijam em público

Processando Dom Sabino

Mariacarla dirá que por outro lado, não usará as informações que tem sobre Dom Sabino, contra ele. Por isso pode imediatamente aceitar o caso de Cecílio. “Não… Basta que eu não use informações privilegiadas que eu tive durante o tempo em que representei o Dom Sabino”, pontuará a loira. “E a senhora não vai usar?”, questionará Paulina. “Tudo que eu sei é que ele é muito bem situado, pode muito bem cuidar de um filho ilegítimo”, acrescentará Mariacarla. Cecílio perguntará quando a advogada começará a mexer no processo de reconhecimento de paternidade. “A senhora vai levar isso adiante então”, concluirá o jovem. “O mais rápido possível… Dentro dos limites da lei”, finalizará Mariacarla, com um sorriso maquiavélico no rosto. Cecílio apertará a mão da loira, selando um acordo entre eles.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

O Tempo Não Para: Coronela descobre que Waleska está grávida: “E é do Samuca, não é?”

Publicidade

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Coronela (Solange Couto) desconfiara de uma possível gravidez de sua filha, Waleska (Carol Castro). “Cê não quis falar com ele (Samuca) aquele dia. Ele não ligou mais, sumiu. E cê não vai atrás dele mesmo? Cê não podia ter deixado o ricaço escapulir. O melhor partido da Freguesia… De São Paulo. Do Brasil todo! Cê teve a sorte grande nas mãos, mas não sei o que acontece com você. Taí encalhada… Um mulherão desses, com esses peito, esse cabelo, essa pele, essas pintinha no rosto!”, dirá Coronela, se referindo ao sumiço de Samuca (Nicolas Prattes).

Leia também: Após muitas armações contra Marocas, Betina se interna em uma clínica de recuperação

Logo depois, Waleska começará a passar mal. “Tô meio enjoada… Tô assim tem dois dias”, responderá a ex oficial da Marinha logo em seguida. Coronela perceberá logo, que sua filha enfim espera um bebê. “Ave Maria! Tudo isso daí eu senti quando tava esperando você. Cê tá grávida, Waleska! E é do Samuca, não é? Me diz logo, minha filha… Cê tá grávida do Samuca?”, indagará a dona da pensão. Mas Waleska tentará fugir de sua mãe imediatamente. “Mãe… Por favor. Isso é assunto meu, de mais ninguém”, despistará Wal afinal.

Uma vovó sortuda

Porém, Coronela fará de tudo para descobrir o nome do verdadeiro pai do filho de Waleska. “Me conta, minha filha… sou sua mãe e futura avó dessa criança. Tenho direito de saber quem é o pai. Esse bebê não foi feito sozinho… tem um homem aí que tem que assumir as responsabilidade como é o certo da vida. Meu Deus, minha Nossa Senhora. Vou ter um netinho”, dirá Coronela, desde já feliz da vida. “Não se mete nessa história, mãe, por favor”, dirá Waleska, em conclusão. “Obrigado, Senhor! Uma fortuna caiu do céu
bem em cima da nossa família! Tirei a sorte grande! Tô feita na vida!”, finalizará Coronela logo depois, toda satisfeita. Mas, o suspense ficará no ar. O filho será mesmo de Samuca, afinal? Ou do capitão Mateus (Raphael Vianna)?

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Espelho da Vida: Cris compartilha novas descobertas com Margot

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Cris (Vitória Strada) continua descobrindo coisas sobre sua vida passada como Julia Castelo. Depois de descobrir que Danilo (Rafael Cardoso) não era Alain (João Vicente de Castro), a moça descobrirá que seu pai, Américo (Felipe Camargo) também esteve presente em sua vida passada.

Leia também: Marcelo confessa a Isabel que sente como se estivesse traindo Alain

“Quase morri quando vi o coronel Eugênio na minha frente! Eu tava doida pra te contar, Margot. Voltei de pernas bambas pra cá… foi um impacto enorme.”, diz Cris contando para Margot que o coronel Eugênio era Américo. “Imagina o estado que fiquei! Tive que disfarçar, usar todos meus dons de atriz! O coronel é um homem duro, ríspido, age como um tirano, todo mundo obedece a ele!”, continua.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Marcelo confessa a Isabel que sente como se estivesse traindo Alain

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, o relacionamento de Isabel (Alinne Moraes) e Marcelo (Nikolas Antunes), está cada vez mais complicado. Dessa vez, Marcelo não está se sentindo confortável com a situação. Sua maior preocupação é que Alain (João Vicente de Castro) descubra o caso dos dois.

Leia também: Mistério que cerca André é revelado; saiba mais 

No apartamento de Marcelo, Isabel entra no quarto com duas taças de vinho. Ela parece bastante animada com os acontecimentos recentes, mas ele ainda se sente torturado. “Será que o Alain sacou que era você que tava comigo, Bel? Tou grilado, ele viu o seu lenço…”, questionará Marcelo. “Não, Marcelo, ele não viu o meu lenço, ele viu um lenço. Deve ter pensado que você tava com uma mulher, o que é supernatural, não acha?”, Isabel responde.

Leia também: Alain pede que Margot não influencie Cris

Marcelo conta que não consegue parar de pensar nos detalhes da conversa, mas que também está se sentindo culpado e cínico. “Cara, eu não tinha ideia de que o Alain tinha uma mágoa tão profunda… que o passado ainda mexia tanto com ele. Isso não sai da minha cabeça… eu tou mal, tou me sentindo um duas caras. (De dá conta) Eu tou me sentindo o Felipe! É isso!”

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Pat consegue um papel no filme sobre a vida de Julia Castelo

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Pat (Débora Ozorio) está fazendo de tudo para conseguir um papel no filme de Alain (João Vicente de Castro) sobre a vida de Julia Castelo. A garota irá fazer um teste para tentar uma vaga de coadjuvante no longa, mas antes ficará bastante nervosa.

Leia também: Alain pede que Margot não influencie Cris

Abafando, Pat chega para fazer o seu teste. Segurando uma placa com seu nome, ela aguarda o início do teste. Observa dois holofotes serem ligados, engole seco e o nervosismo toma conta. Assim que inicia, Pat fica travada, mas logo depois diz que precisa se concentrar e eles pedem para que ela saia para dar uma relaxada e volte depois. “Faz o seguinte… vamos te dar um tempo. Vou chamar outras candidatas e você faz daqui a pouco, pode ser? Enquanto isso você se acalma.”, sugere Bola (Robson Nunes).

Pat volta para diante das câmeras, mas ainda tensa. Claudio (Pedroca Monteiro), Marcelo (Nikolas Antunes) e Alain atentos. Eles pedem que ela inicie novamente, Pat abaixa a cabeça e quando levanta está realmente enfim no personagem. Ela conclui o teste e todos batem palmas, Marcelo, seu pai está emocionado e a abraça. Depois de uma reunião, Hugo (Cadu Libonati) vai até a pensão contar a novidade para Pat. “Você conseguiu!!! Não podia nem te contar… você conseguiu um papel! Vai ser amiga da Julia, quem sabe até confidente dela… “, comemora o rapaz.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Alain pede que Margot não influencie Cris

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, o envolvimento de Margot (Irene Ravache) com Cris (Vitória Strada) não tem agradado Alain (João Vicente de Castro). O rapaz não está gostando das suposições das duas sobre a vida passada de Cris, que acredita ser a reencarnação de Julia Castelo.

Leia também: Mistério que cerca André é revelado; saiba mais 

Entrando em casa após um dia de trabalho, Alain pergunta para Margot onde está Cris, mas ela responde que não sabe. Com muita coisa guardada para falar, ele enfim solta o verbo para cima dela. “Vocês vivem cheias de segredos, acham que não percebo. Aliás… você sabia, claro, que a Cris já tinha ido na casa da Julia e não me contou. Ela me fez de bobo, fingindo que estava entrando pela primeira vez comigo.”, dirá Alain.

Margot tenta contornar a situação, sem sucesso. “É… é isso, mas eu te disse desde o começo. Margot… não enche a cabeça da Cris com suas ideias irracionais. Cris é muito sensível, impressionável! Esse lance do sujeito velho, do cemitério, por exemplo, ela ficou meio obcecada por ele, pelas tais rosas brancas”, continua o diretor.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos. Com direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

David Junior se diz surpreso com a repercussão de O Tempo Não Para: “Tem sido até maior do que eu imaginava”

Publicidade

No ar em O Tempo Não Para, novela das 19h da TV Globo, o ator David Junior interpreta o personagem Menelau, um dos congelados que acordou no século 21. Na trama escrita por Mário Teixeira, Menelau é um dos ex-escravos da família Sabino. Em entrevista ao Observatório da Televisão, David falou sobre estar feliz com o personagem, os elogios que tem recebido por sua interpretação e preconceito. Confira:

Leia também: “Eu a admiro muito”, conta Kiko Mascarenhas sobre atuar com Adriane Galisteu em O Tempo Não Para

Repercussão

Como está sendo a repercussão do seu personagem e da novela?

Tem sido até maior do que eu imaginava. O núcleo dos congelados, como a gente ficou conhecido, tem tido uma repercussão bem positiva. A dramaturgia em si é bem cirúrgica, as críticas sociais que são feitas, são ainda mais maravilhosas. A gente tem tido um retorno das redes sociais bem positivos, na rua de uma maneira geral também e eu tenho ficado muito feliz com esse retorno positivo. Mas a gente morria de medo, de achar que a galera iria aceitar ou logo depois rejeitar de cara.

E essa aproximação dele com a Cesária?

Ele sempre foi parceiro da Cesária na Fazenda, mas ela trabalhava dentro da Fazenda e ele era o escravo de guarda. Mas isso só se fortaleceu, a gente tem muito isso. Acho que a gente carrega isso de lá até hoje. Eu vejo isso no meu dia a dia, se eu vejo um negro em algum lugar, eu posso não conhecer, mas eu vou cumprimentar. Nós temos esse código que identifica um no outro. Como ele já conhecia e está em um tempo diferente, isso só se fortaleceu.

Preconceito

Tem uma cena no filme “Uma Linda Mulher”, em que uma prostituta vai em uma loja fazer compras e não aceitam. Vai acontecer uma cena muito parecida com você e a Cesária. Como é para você participar de uma cena tão antológica que fala da realidade do negro e do pobre?

Eu já tive várias situações parecidas com essa. Eu hoje ensino as pessoas através do afeto, eu procuro evitar ser combativo, o máximo possível. Porém, é óbvio que se precisar me impor, eu vou me impor. Se eu vejo um segurança me perseguindo, eu vou até ele, pergunto o nome dele, me apresento para ele e digo quem eu sou e se ele está precisando de ajuda. É óbvio que nem todos os casos da para agir dessa maneira, porque depende de como a pessoa vai te receber. Nesse caso da cena, é uma crítica social. A gente precisa ensinar a sociedade a mudar o pensamento, porque às vezes o segurança que anda atrás de mim, ele também é preto e ele já está tão preso a esses estereótipos, que ele nem sabe que está sendo preconceituoso com ele mesmo.

Crítica

Você esperava esse sucesso com a crítica especializada com relação a sua atuação?

Não. A gente trabalha para ter uma aceitação do público, para que o público compre a nossa história e para estar enfim, melhorando cada dia mais. O Menelau é um personagem que eu me apresento de uma maneira melhor, mas também por contar um pouco da história dos meus antepassados. Ao mesmo tempo eu fico muito feliz em contar a história dele e dos meus ancestrais. O momento que a gente vive hoje na sociedade, permite que a gente seja combativo nesse sentido. Eu espero que amanhã ou depois, eu consiga fazer outro personagem, mas que não esteja dentro do estereótipo do negro e que tenha a mesma repercussão negativa.

Você se emociona vendo esses discursos do seu personagem?

Não tem como não se emocionar. Está tudo muito aqui, muito na nossa pele ainda.

Estudos e família

A pesquisa da novela é muito boa e o próprio vocabulário é muito bom, não é?

Isso! Trabalhamos muito antes de começar as gravações, com fono e tudo. E o Mário Teixeira escrevendo é um absurdo.

Como é o carinho da sua família, quando você volta para a sua cidade Natal?

Eu sou muito família, então eu sou suspeito para falar. Porque o tempo que eu posso, eu estou com eles. Mas para mim já é mais que natural porque não mudou. O carinho que a gente tem lá, não mudou porque hoje eu estou na televisão.A minha família é mais o meu refúgio.

“Eu a admiro muito”, conta Kiko Mascarenhas sobre atuar com Adriane Galisteu em O Tempo Não Para

Publicidade

Após ter atuado ao lado de Taís Araújo e Lázaro Ramos em Mister Brau, o ator Kiko Mascarenhas agora dá vida ao personagem Teófilo, em O Tempo Não Para. Teófilo é uma espécie de “braço direito” de Dom Sabino (Edson Celulari) e também um garanhão. O personagem está flertando com Coronela (Solange Couto), Januza (Bia Montez) e Zelda (Adriane Galisteu). Em entrevista ao Observatório da Televisão, o ator falou sobre os rumos do seu personagem e se quer continuar atuando em novelas. Confira:

Leia também: Aline Dias fala da importância de O Tempo Não Para discutir questões sociais: “Refletir sobre valores”

Como está a recepção do público na internet e nas ruas?

O Teófilo é um personagem incrível e a receptividade das pessoas na rua também é incrível. Principalmente com as crianças. Outro dia eu estava saindo na rua e umas crianças me chamaram pelo nome do personagem.. É surpreendente que seja um personagem que também atinge as crianças, mas também entendo o porquê, ele tem características de ser ingênuo. Ele tem uma certa malandragem, mas também essa ingenuidade. Principalmente por ele ser de outra época.

Perca de memória

Tem também o fato de ele ter perdido a memória e o público torcer para que ele recupere as lembranças. Como é isso para você?

Eu já sabia que ele iria perder a memória, mas não sabia se ele iria recuperar. Na medida que vieram os blocos de capítulos, eu apostei de que a memória dele não voltaria na integra, ele tem flashes de memória. Depois eu comecei a perceber que era oportuno, que ele perdia a memória de acordo com o interesse dele. Mas de um tempo para cá, a gente realmente percebe que é uma malandragem dele. Ele perde a memória sim, mas ele usa isso também para a malandragem.

E o casamento dele com a Coronela, porque ela quer ele de qualquer jeito, não é?

Não sabemos ainda, porque o Teófilo já está flertando com outras personagens. Então não sei exatamente como vai ser o caso dos dois, mas ela está bem interessada nele e não vai largar ele tão cedo, porém a Zelda também está.

Malandragem

O Teófilo vai roubar o barão, mas ele sabe que se o barão descobrir vai colocar ele em uma corda sem fim. Como é para você interpretar esse homem tão lúdico e em uma era que a gente está vivendo?

Eu recebi a informação de que ele era desonesto antigamente, em uma cena que eu fiz com o Edson Celulari. Onde mostra eles conversando sobre a amizade deles na infância e aí o Dom Sabino conta para ele que ele sempre foi malandrão, que ele sempre tentou passar ele para trás, mas que nunca foi bom nisso. A partir dessa informação, eu comecei a entender que ele não era tão honesto o quanto eu imaginava. Talvez ele até roubava o Dom Sabino naquela época e a gente não sabe disso. Ele é divertido até, tem a maldade, mas é uma maldade ingênua e quase inconsequente.

Você já tem uma carreira gigante no teatro e na TV. Você coloca o Teófilo como um dos seus personagens mais populares?

Eu acho que não saberia colocar em uma ordem. O que eu acho é que, como a novela é diária e eu venho de séries, que geralmente é exibida vez por semana, a novela já é diária e trás uma visibilidade muito maior para o seu trabalho de ator. Acredito que isso é reflexo dessa constância na TV, mesmo que você não esteja em todos os capítulos, pelo menos três ou quatro vezes por semana, você adentra a casa das pessoas. Então sim, eu colocaria o Teófilo na lista dos mais populares, provavelmente por isso.

Carreira

Sobre a sua experiência em teatro, séries e cinema, que são obras fechadas. O que você está achando de fazer novela e você vai querer fazer novela sempre?

Eu não tenha essa questão com o produto, todos esses veículos me interessam. Mas eu adoraria fazer outros personagens em outros registros. Porque o Teófilo vem de um registro cômico, que vem me acompanhando dentro da TV e no cinema, já há algum tempo. Eu como ator tenho a ambição de ter outras oportunidades que não dentro do humor. Não que eu não goste do humor, pelo contrário, eu me divirto horrores fazendo humor e sei que ele é importante.

Como é que está sendo essa sua troca com a Adriane Galisteu?

Eu já tinha visto a Adriane fazendo teatro, há muitos anos atrás. Ela é conhecida pelo grande público fazendo TV, mas é uma mulher que veio do teatro. É uma atriz que se formou, que tem experiência no teatro e a gente vê isso em cena na novela, ela está sempre muito preparada. Não tem jeito, o teatro sempre vai ser o lugar de preparação do ator, não tenho nada contra quem passa pelo teatro e se desenvolve dentro da TV, mas o teatro prepara para a vida inteira. A Adriane tem essa qualidade, ela está pronta e está jogando muito bem. Eu a admiro muito, porque ela é muito versátil, ela apresenta e atua.

Nova geração

Como é para você que já tem uma grande experiência, atuar com essa nova geração?

É incrível! A minha profissão me proporciona uma coisa incrível, que é contracenar com atores como Milton Gonçalves, Cristiane Torloni, Edson Celulari e tantos ali dentro que são mais experientes do que eu. Atores que tem uma carreira sólida e isso é sensacional. E também me proporciona estar vendo o início de muitos. Mas esse elenco especificamente falando, é muito especial, eu assisto os capítulos e acho todo mundo tão talentoso. Você conhece pessoalmente esses atores jovens e eles são muito diferentes dos personagens que eles fazem. Então me surpreende muito ver as escolhas artísticas deles, eles já fazem escolhas firmes e seguras. Eu acho que eu não tinha metade da segurança deles na idade deles, eu acho isso incrível.

Espelho da Vida: Alain recebe fotos de Cris entrando sozinha na casa de Julia

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, após descobrir que Cris (Vitória Strada) mentiu para Alain (João Vicente de Castro) sobre suas visitas a casa de Julia Castelo, Isabel (Alinne Moraes) irá encontrar uma forma de fazer o ex-noivo ficar sabendo a verdade.

Leia também: Isabel descobre que Cris mentiu para Alain

Cris dorme ao lado de Alain, enquanto ele trabalha em alguma cena do script. Ele vai lendo enquanto escreve. “Meu coração parou quando vi o Danilo pela primeira vez, Dora, eu amo o Danilo” Como é a frase? (procura, lê) “por ele eu vou viver e morrer até o fim dos tempos…” Caramba, isso não cabe legal na boca da atriz…”, lê Alain.

Alain admira o rosto de Cris dormindo, que sorri. Ele volta a escrever, mas logo depois seu celular dá um sinal, ele olha, estranha alguma coisa, clica e reage. Enfim, na tela do celular veremos fotos de Cris entrando na casa de Julia. “A Cris… na casa da Julia Castelo?”, reage Alain.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Isabel descobre que Cris mentiu para Alain

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Isabel (Alinne Moraes) definitivamente não está gostando de ver a felicidade do relacionamento entre Cris (Vitória Strada) e Alain (João Vicente de Castro). A moça à principio irá fazer de tudo para descobrir todos os segredos possíveis de Cris, para poder usar contra ela em algum momento.

Leia também: Cris confessa a Margot que teme ir à casa de Júlia com Alain

Durante uma conversa com Hugo (Cadu Libonati), Isabel irá descobrir que Cris mentiu para Alain sobre suas visitas à casa de Júlia Castelo. “O Alain, a Cris, o Marcelo…o pessoal todo visitou a casa que era da família Castelo. Ninguém tinha entrado lá antes. Parece que tá uma ruína só.”, dirá o rapaz. Logo depois, fazendo-se de sonsa, Isabel pergunta se realmente ninguém nunca entrou na casa. Inclusive se a Cris gostou do local. “O pessoal disse que ela ficou nervosa. Não queria ficar lá dentro. Acho que tem trauma por causa de um acidente.”, responde Hugo.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin. Escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos. A trama tem direção artística de Pedro Vasconcelos. Direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Cris confessa a Margot que teme ir à casa de Julia com Alain

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, os mistérios que Cris (Vitória Strada) vêm descobrindo dentro do casarão de Júlia Castelo, estào deixando a moça um pouco preocupada com algumas questões. Logo depois de saber que Danilo não é Alain (João Vicente de Castro) em sua vida passada, ela ficará preocupada com a visita do noivo ao local.

Leia também: Isabel tenta invadir o casarão de Júlia Castelo

Desconforto

Cris se prepara para sair e conta para Margot (Irene Ravache) que está nervosa. “Não sei, tou angustiada, com um pressentimento! Pra mim é como se a casa da Julia fosse um lugar sagrado. Eles vão entrar, mexer em tudo.”, dirá. Margot comenta que uma hora ou outra isso iria acontecer, mas que não há nada demais. Porém ainda assim, ela parece incomodada. “É uma sensação estranha entrar na casa com o Alain. Foi lá que eu vi o Danilo e senti aquele encantamento absurdo, parece que tou traindo o Alain, escondendo essa parte da minha vida que é só minha.”, dirá Cris. E logo depois afirmará que vai ao menos tentar evitar que a equipe entre no quarto de Júlia.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin. Escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Isabel tenta invadir o casarão de Júlia Castelo

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Isabel (Alinne Moraes) está determinada em entrar no casarão de Júlia Castelo, para descobrir quais os mistérios que o local esconde e principalmente o motivo das visitas de Cris (Vitória Strada) e Margot (Irene Ravache).

Leia também: Isabel discute com Priscila após a filha causar briga entre Cris e Alain

Diante do portão fechado da casa, Isabel percebe que na porta principal, está sentado o cão que a ameaçou antes. “Não tenho mais medo de você, estou preparada pra te enfrentar, coisa ruim. Eu vou entrar! Eu vou entrar, entendeu… totó?!”, diz a moça brandindo o livro de magia em mãos. Ela abre o portão e o cão mostra os dentes. Ela pega o livrinho, lê algumas palavras e o cão fica mais em guarda ainda.

Logo depois de insistir em acalmar o cão com as palavras que lê no livro de magia, Isabel se aproxima cada vez mais. Mas de repente ele se joga em cima dela e a derruba ao chão. Não a morde, mas coloca as patas sobre ela, latindo, com a baba escorrendo. A guardiã da casa aparece, chama pelo cão e logo depois pede que Isabel vá embora. “Você já foi avisada. Vem outra vez e ele pega sua jugular. Te estraçalha em um segundo.”, diz a guardiã.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

Espelho da Vida: Edméia descobre que Isabel roubou seu livro de magia

Publicidade

Nos próximos capítulos de Espelho da Vida, Isabel (Alinne Moraes) está empenhada em aprender a usar o livro de magia que pegou de sua mãe, mas será pega de surpresa ao descobrir que Edméia (Patricya Travassos) notou o sumiço do livro, após precisar e não encontrar.

Leia também: Isabel possui romance secreto com Marcelo

Correndo perigo

Edméia entrará em contato com a filha assim que percebe que o o livro desapareceu, após precisar dele. “Porque você levou uma coisa que é minha sem me pedir. E que na sua mão pode trazer desgraça. Quero meu livro preto de volta. Hoje precisei dele e não encontrei.”, afirma Edméia.

Espelho da Vida é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.

“Ele é um delegado fogoso”, diz Milhem Cortaz sobre o seu personagem que usará calcinha em O Sétimo Guardião

Publicidade

Milhem Cortaz foi escalado para O Sétimo Guardião, próxima novela das nove, de Aguinaldo Silva. Esse será seu primeiro personagem fixo em uma novela da TV Globo. Milhem será um dos sete guardiões, o Joubert Machado. Mas é conhecido por todos como Machado. Ele é o delegado de Serro Azul, cidade onde se passa a história, e casado com  Rita de Cássia, interpretada por Flávia Alessandra. Em entrevista, o ator revelou que na trama quase todo mundo tem um segredo e uma das coisas que Machado esconde é o hábito de usar calcinha. Confira o bate-papo completo:

Leia também: Zezé Polessa viverá a esotérica Milu em O Sétimo Guardião: “Ela é quase uma sacerdotisa”

Conta um pouco sobre a novela?

“A história se passa em Serro Azul, uma das cidades fictícias do Aguinaldo Silva. É uma história de realismo fantástico, que tem sete guardiões. A grande vilã da novela é a Lilia Cabral. E um dos grandes segredos dessa trama é uma fonte, por outro lado, tudo meio que gira em torno dessa fonte e do segredo de algumas pessoas. A história que eu sei é essa”.

O personagem

E o seu personagem Joubert?

“Ele é um delegado fogoso, casado com a Rita de Cássia, uma mulher ainda mais fogosa. Eles são um casal moderno, dois sonhadores. Se você pegar essa história toda, dentro de uma cidade do interior, onde não tem internet e a informação chega por meio de cartas, eles são muito modernos. Um é super ousado e a outra tem o sonho de ser conhecida no mundo. Ela é uma aspirante a atriz e ele um delegado que gosta de usar calcinha. Me perguntaram se ele era um crossdresser, eu acho que é. Mas também acredito que ele é muito mais que isso, ele não consegue usar cueca e só se sente bem de calcinha”.

Como é fazer um personagem que tem esse gosto peculiar?

“Eu acho que é um grande barato poder fazer aquilo que não faz parte do nosso universo. Assim como eu já fiz um lutador de Jiu-Jitsu, policial, ladrão e agora estou envolvido com essa história da feminilidade no homem. Apesar de ter humor, é um tema que me enche de prazer e orgulho. Nos dias de hoje onde a gente está discutindo a diversidade, cair no meu colo um personagem tão complexo, mas com tantas camadas e ao mesmo tempo discutindo uma coisa tão atual, para mim é um presente. Agradeço ao Aguinaldo por me dar esse trabalho que eu tenho muito orgulho de carregar até o final de maio. Eu estou muito curioso para saber como vai ser o retorno desse personagem. Como vai ser quando as pessoas verem. Mas acho que passar essa sensibilidade para as pessoas que se encaixam nesse tema e ao mesmo tempo conseguir fazer o popular, as pessoas que curtem TV, se apaixonarem, gostarem e caminharem junto com ele”.

Casamento

E o casamento dele, é um casamento firme?

“Fidelíssimo, de muitos anos. Com muito amor, paixão e dedicação. Acho que esse tema vem no meio para se discutir tanto uma vontade dele, quanto uma vontade dela. E isso sacode o lado sexual do casal, anima, bota fogo nisso e consegue mostrar o quanto eles se amam depois de tantos anos. Eu estou cheio de vontade de falar sobre isso. E ele é um dos guardiões e é um dos responsáveis por sempre estar harmonizando as confusões de todo mundo entre esses sete. Eles são um casal hétero, em momento algum entram nessa discussão da sexualidade, é tranquilo para eles”.

Você chegou a fazer algum laboratório, conversou com alguma desses homens que usam calcinha?

“Conversei com muitas pessoas. Em específico conversei com duas pessoas, através de um amigo. Um deles é um cara super reprimido e que não se abre. Ele guarda esse segredo a sete chaves e tem dificuldade em abrir isso, não só para a mulher dele, como para os amigos, mas também tem muita dificuldade em falar sobre isso. O outro caso, é um cara que só é chamado pela esposa por um nome feminino. Ele só se veste de mulher, mas é um garanhão. Ele é casado com a mulher, muito bem-sucedido e de classe alta, tem filha e só transa com mulher. Eu fui num encontro só de homens que usam calcinha e é muito legal que quando eu fui perguntar as coisas para eles sobre o assunto, eles responderam exatamente a mesma coisa. Eles dizem quando eles colocam a calcinha, eles ficam de ‘pau duro’, mas o ‘pau duro’ é na cabeça. Isso dá um poder neles, uma força, que é muito maior do que o sexual”.

*Entrevista feita pelo jornalista André Romano

© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade