Reprise de Topíssima registra primeiro recorde negativo

Substituta de Jesus teve pior Ibope desde que voltou ao ar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar há quase uma semana, a reprise de Topíssima ainda não mostrou a que veio nas noite da Record TV. Na última terça-feira (2), o folhetim exibido originalmente em 2019 registrou o que viria a ser o primeiro recorde negativo da recém-iniciada reapresentação.

De acordo com dados consolidados do Ibope, a história protagonizada por Camila Rodrigues e Felipe Cunha registrou ontem média de 6,6 pontos na Grande São Paulo. Trata-se do pior desempenho na faixa desde 28 de dezembro, quando Jesus anotou apenas 5,6.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O desempenho de Topíssima é ainda mais fraco se considerarmos que ela derrubou pela metade os índices herdados da atração antecedente, Gênesis. A novela bíblica protagonizada, na fase atual, por Francisca Queiroz e Pablo Morais registrou 14,8 de média na mesma data.

Não obstante, a obra contemporânea escrita por Cristianne Fridman escapou da pecha de folhetim menos sintonizado do dia na grade da Record TV. Esse demérito coube à reprise de Escrava Mãe, que, em baixa desde que estreou, registrou na ocasião apenas 4,7 pontos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio