Reprise de Apocalipse tem segundo pior último capítulo de sua faixa; veja comparativo

Igor Rickli e Juliana Knust protagonizaram a trama

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A reprise de Apocalipse não fez exatamente história na tela da Record TV. O último capítulo desta segunda entrega da história foi ao ar ontem (segunda-feira, 21) e amargou um dos piores resultados dentre os desfechos das novelas exibidas no início da noite pela Barra Funda.

Conforme já informado pelo Observatório da TV, a saga cristã protagonizada por Igor Rickli, Juliana Knust e Sérgio Marone se despediu com média de 8,7 pontos na Grande São Paulo. Sua conclusão original, em junho de 2018, saíra-se bem melhor, atingindo 13,1.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esta edição especial de Apocalipse teve, portanto, o segundo pior término de um folhetim de sua faixa, atrás apenas do capítulo final de Belaventura, que amargou apenas 5,5 pontos. Ela também se saiu melhor que o fim da primeira parte de Amor Sem Igual (8,1), interrompida em abril e trazida de volta ao ar nesta terça (22).

Todas as demais tramas reprisadas ou lançadas no mesmo espaço saíram de cena (em definitivo) com números melhores. A saber: Escrava Mãe (11,5), A Escrava Isaura (12,4), Os Dez Mandamentos (12,9), A Terra Prometida (10,4) e Topíssima (10,8).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais