Quando me Apaixono tem melhor média geral de sua faixa desde A Dona

Novela empatou com A Que Não Podia Amar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT acertou em cheio ao apostar em Quando me Apaixono para sua grade vespertina. Encerrada ontem (segunda-feira, 22) após 156 capítulos, a produção mexicana de Carlos Moreno Laguillo fez bonito na audiência do canal de Silvio Santos ao longo de seus sete meses de exibição.

O folhetim protagonizado por Silvia Navarro e pelo argentino Juan Soler acumulou 6,8 pontos de média geral, superando três das últimas quatro novelas de sua faixa: Betty, a Feia em Nova York (6,2), Abismo de Paixão (6,5) e Carrossel (6,3). Apenas a reprise de A Dona (7,1) se saiu melhor nessa sequência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Considerando as novelas inéditas do catálogo da Televisa exibidas nos últimos cinco anos pelo SBT, Quando me Apaixono se sobressaiu a quatro dos 11 títulos – a saber: Que Pobres Tão Ricos (5,8), Querida Inimiga (5,8), Lágrimas de Amor (6,7) e a exibição original de O Que a Vida me Roubou (6,7) -, além de empatar com A Que Não Podia Amar (6,8).

Superam-na, por outro lado, nesse mesmo intervalo Amanhã é Para Sempre (7,3), Um Caminho para o Destino (6,9), A Gata (8,2), Mar de Amor (7,5) e ainda Abismo de Paixão (8,5) e Meu Coração é Teu (7,8) em suas primeiras transmissões.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio