Programa de negociações levanta Ibope do SporTV na hora do almoço e vence Fox Sports

Publicado há 9 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Exibido desde o último dia 10 de dezembro, o programa especial Central do Mercado está agradando bastante o SporTV, canal esportivo do Grupo Globo. A atração levantou os números de audiência no horário do almoço, um antigo problema do SporTV, e está vencendo o Fox Sports com certa tranquilidade.

Segundo dados de audiência obtidos pelo Observatório da Televisão, com treze programas produzidos até aqui, divididos em duas edições por dia, a Central do Mercado dobrou os números de audiência em relação a média do horário em 2019. Além disso, o programa está invicto e não perde para o Fox Sports em seus dois horários desde a estreia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em alguns momentos, o pico de audiência da atração chegou a ser de quatro vezes mais em relação a audiência que o SporTV conquista na faixa. Um exemplo da boa aceitação do programa é que, na semana passada, nem mesmo as transmissões do Campeonato Alemão feitas pelo Fox Sports fizeram o SporTV perder a liderança entre os canais esportivos.

Até o fim de janeiro, a Central do Mercado está substituindo os programas Fala Muito! e Acabou A Brincadeira, que foram extintos para 2020 pelo SporTV. A emissora deve definir detalhes de sua nova programação para o ano que vem apenas após o recesso de ano novo, na segunda semana de janeiro.

André Hernan é o apresentador da Central do Mercado até os próximos dias. Em janeiro, Carlos Cereto assume o seu lugar. Além do horário fixo das 12h e das 16h20, a Central do Mercado também é exibida em flashs durante a programação esportiva de todo o Grupo Globo.

Atualmente, o SporTV é o líder incontestável de audiência entre os canais esportivos. No entanto, no horário do almoço e durante a tarde, programas como Fox Sports Rádio, Expediente Futebol e Tarde Redonda, do Fox Sports, ameaçam fortemente o canal esportivo da Globo. A meta para 2020 é tentar estancar essas derrotas ao mínimo possível.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais