Pega Pega tem pior primeira semana de sua faixa desde Verão 90

Camila Queiroz é a protagonista

Publicado em 27/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tudo indica que Pega Pega vai penar para repetir, na edição especial atualmente em curso, o sucesso de sua exibição original, há quatro anos. A obra estrelada por Camila Queiroz e Mateus Solano teve um dos piores desempenhos iniciais no histórico recente da faixa em que está indo ao ar.

Exibidos de 19 a 24 de julho, os seis primeiros capítulos da reprise marcaram média de 22,3 pontos – contra 27 da primeira semana original, entre 6 e 10 de junho de 2017. A Globo não via um resultado tão ruim na semana de estreia de uma trama das 7 desde Verão 90, que marcara apenas 20,6.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesse meio tempo, todos os demais títulos veiculados às 19h saíram-se melhor em igual período. Foi o caso, por exemplo, da recém-encerrada Salve-se Quem Puder. Ela estreou com 27,3 pontos de média semanal em fevereiro de 2020, e iniciou a própria reprise em março deste ano, com 25,3.

Também superaram a edição especial de Pega Pega, nesta mesma base comparativa, as reprises recentes de Totalmente Demais (26,4) e Haja Coração (25,7), além das inéditas Bom Sucesso (29,9), O Tempo Não Para (29,4), Deus Salve o Rei (26,4), Rock Story (24) e I Love Paraisópolis (26,5).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio