Novelas da Record TV são vice-líderes em audiência nesta terça-feira

No Rio de Janeiro, Amor Sem Igual registrou 10 pontos de média ontem

Publicado há 2 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (31), as novelas da Record TV garantiram à emissora o segundo lugar em audiência.

No ar das 20h45 às 21h55, Amor Sem Igual foi vice-líder absoluto no Rio de Janeiro com três pontos de vantagem sobre a concorrente: marcou média de 10 pontos, contra os 7 pontos da terceira colocada. O pico da atração da Record TV ficou em 11 pontos, e o share em 13%.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em São Paulo, foi vice-líder com a média de 9 pontos, o pico de 10 pontos e o share de 11%. A autoria da produção é de Cristianne Fridman; a direção-geral, de Rudi Lagemann.

No ar na faixa das 21h55 às 22h45, O Rico e Lázaro marcou, no Rio de Janeiro, média de 9 pontos, pico de 11 pontos e share de 12%. A terceira colocada obteve 5 pontos de média, quatro a menos que a Record TV.

Em São Paulo, a trama foi vice-líder com 8 pontos de média, 10 pontos de pico e 10% de share. A autoria da novela é de Paula Richard; a direção-geral, de Edgard Miranda.

Exibida na faixa das 15h16 às 16h01, A Escrava Isaura, escrita por Tiago Santiago e com direção-geral de Herval Rossano, marcou, em São Paulo, média de 7 pontos, pico de 10 pontos e share de 12%. A terceira colocada ficou com 6 pontos na média do período.

No Rio de Janeiro, a trama manteve-se isolada na segunda posição com dois pontos de vantagem sobre a concorrente: fechou o horário com média de 8 pontos, pico de 9 pontos e share de 14%. A terceira colocada obteve 6 pontos de média no horário.

Exibida na faixa das 16h01 às 16h47, Caminhos do Coração, escrita por Tiago Santiago com direção-geral de Alexandre Avancini, marcou média de 6 pontos, pico de 9 pontos e share de 12%. A terceira colocada obteve 5 pontos de média.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais