No comando da Disney, canais Fox perdem audiência no Brasil; veja números

Publicado há 9 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assumidos em maio de 2019 pelo Grupo Disney, os canais Fox não tiveram grande ganho de audiência na TV por assinatura na gestão da nova gestão. Pelo contrário: os canais da programadora perderam telespectadores no ano passado. A questão responde uma dúvida do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que está revendo a fusão entre Disney e Fox no Brasil e queria saber se a Fox ganhou números com novo comando.

A dúvida foi respondida pela operadora Sky, a única falar abertamente dos números de TV por assinatura – Claro, Vivo e Oi disseram que não poderiam responder a solicitação. A operadora afirmou que os dados refletem a audiência nacional medida pelo Ibope, o chamado PNT (Painel Nacional de Televisão). O documento com os números foram obtidos pelo Observatório da Televisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dos canais Fox, o que mais deu audiência em 2019 foi o Fox Channel, com 0.36 ponto. No entanto, em relação ao ano de 2018, último ano completo do Fox sem a Disney, houve queda de 15% no Ibope do Fox Channel: 0.42 para 0.36. Já o Fox Sports, que foram uma espécie de canal independente em 2019, ficaram estagnados: tanto em 2018, quanto em 2019, marcaram média de 0.32 de audiência em todo o país.

Completando o quarteto de principais canais de TV paga da Fox, o FX e o Nat Geo perderam audiência em 2019. O primeiro caiu 9%, indo de 0.24 ponto em 2018 para 0.22 ponto em 2019. Já o segundo, especializado em vida animal, caiu 1%, saindo de 0.20 em 2018 para 0.19 ponto no ano passado.

Canais Fox perderam público em 2019, quando já estavam no comando da Disney

Outros canais da Fox tiveram desempenhos bons. O Nat Geo Kids e o Nat Geo Wild subiram 90% e 2% respectivamente. Já o Fox Life, canal dedicado ao público feminino, subiu de 0.12 em 2018 para 0.14 em 2019, fechando com crescimento de 20%.

No total, todos os canais Fox fecharam com 1.38 contando o desempenho de todos. Em relação a 2018, os canais somaram 1.44 ponto de Ibope na média nacional. A queda é de 4,1%. A perda de números corrobora para uma tese da Disney na fusão com a Fox: a TV paga está em crise e a fusão com outro grupo de mídia não criaria monopólio.

Se nada de muito impactante ocorrer, a decisão do novo modelo de negócio da fusão entre Disney e Fox pelo Cade deve ocorrer ainda no mês de janeiro. Nos bastidores do Fox Sports, uma fusão entre ESPN Brasil e o canal esportivo já é dado como certa. Inicialmente, o Cade queria a venda do Fox Sports, mas a Disney não encontrou interessados. 

Em uma reunião para os seus funcionários logo após a decisão do Cade de rever a compra da Fox pela Disney no Brasil em novembro do ano passado, o executivo Eduardo Zebini, principal responsável pelo Fox Sports, admitiu que uma fusão é inevitável e que falta apenas o aval do Cade para que ela seja concluída de vez.

Procurada, a Disney afirma que não comenta questões da fusão entre a empresa e a Fox.

Veja a tabela completa com a audiência dos canais Fox no Brasil:

Audiência dos canais Fox em 2019, quando já eram programados pela Disney (Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais