Jornal da Record fecha 2020 com crescimento de audiência, mas vê SBT fungar no cangote, em SP

Aumento na região metropolitana de São Paulo foi de 17%

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Jornal da Record, principal noticiário da emissora da Barra Funda e exibido de segunda a sexta-feira, encerrou o ano de 2020 com significativos índices de crescimento e, também, garantindo o segundo lugar absoluto em audiência em São Paulo e no Painel Nacional de Televisão (PNT).

O programa da Record teve, na capital paulista, média anual de 8,2 pontos, o que representa um aumento de 17% com relação ao ano anterior, quando obteve 7 pontos de média. Além disso, o jornalístico ficou com share, a participação no número de televisores ligados, de 12%. A terceira colocada registrou 6,3 pontos de média no mesmo período.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já no mercado nacional, a atração foi vice-líder isolada com 7,7 pontos de média – um crescimento de 9% com relação a 2019, quando ficou com 7,1 pontos de média  – e share de 12%. A concorrente encerrou o ano com média de 5,8 pontos.

Vale lembrar que o Jornal da Record se antecipa ao poderoso Jornal Nacional, da Globo, começando mais de meia hora antes. Com isso, o jornalístico concorre com os similares da Band, o Jornal da Band, do SBT, o SBT Brasil, e da RedeTV!, o RedeTV! News.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio