Jesus supera Apocalipse, mas tem segunda pior média do filão bíblico

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela bíblica Jesus se encerrou ontem (segunda-feira, 22) na Record, fechando sua trajetória na grade do canal da Barra Funda com índices relativamente bons. O folhetim assinado por Paula Richard garantiu média geral de 9,9 pontos ao longo de seus 193 capítulos.

A sintonia da saga do Messias cristão, interpretado por Dudu Azevedo, é superior à de sua antecessora direta, a minissérie Lia (9,5). Além disso, teve o mérito principal de elevar os baixos índices herdados de Apocalipse. Cujos 8 pontos, aliás, lhe valeram o título de pior audiência de toda a faixa de tramas bíblicas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por outro lado, Jesus teve audiência acumulada inferior à de todos os demais títulos da faixa. A saber: O Rico e Lázaro (10,1), A Terra Prometida (14,5), Os Dez Mandamentos – Nova Temporada (15,7) e Os Dez Mandamentos (16,4).

Aplicando esse mesmo comparativo às séries de temática cristã, produzidas antes de o cunho religioso ser estendido às novelas da casa, Jesus também sai perdendo para José do Egito (11), Rei Davi (12), Sansão e Dalila (12) e A História de Ester (11), considerando as médias de suas respectivas exibições originais. Sobressai-se, porém, à primeira (9) e à segunda temporada (8) de Milagres de Jesus.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio