Império e Salve-se Quem Puder amargam recordes negativos semanais

Alexandre Nero é o protagonista do folhetim das 21h

Publicado em 5/25/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A situação está cada vez mais calamitosa para a audiência da edição especial de Império no horário nobre da Globo. Na semana passada, a obra estrelada em 2014 por Alexandre Nero e Lília Cabral amargou recorde negativo pelo terceiro intervalo consecutivo.

Entre os dias 17 e 23 de maio, a obra de Aguinaldo Silva registrou média de 26,52 pontos. Trata-se não apenas do pior desempenho semanal da atual reapresentação, mas também do pior resultado da Globo às 21h desde a última semana de 2020, quando A Força do Querer anotou 25,77.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outra que também fez feio no Ibope da semana passada foi Salve-se Quem Puder. A segunda temporada do folhetim de Daniel Ortiz fez 26,45 na média de seus seis primeiros capítulos. Foi o pior desempenho semanal dentre os episódios inéditos do folhetim, interrompido pela pandemia.

Até então, esse recorde negativo pertencia aos 26,83 alcançados pela segunda semana de transmissão original da comédia, entre 3 e 8 de fevereiro de 2020. No entanto, superou todas as semanas dedicadas à reprise da primeira temporada, onde a maior média foi de 25,62.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio