Festival Mazzaropi fortalece audiência na Grande São Paulo por três semanas consecutivas

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova temporada do Festival Mazzaropi está conquistando o público nas tardes de domingo na TV Aparecida. Por três semanas consecutivas, os filmes do caipira estão entre as cinco maiores audiências da TV aberta na Grande São Paulo.

Veja também: Jorge Barcelos, da dupla com Mateus, anuncia fim do casamento com Ina Freitas

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último domingo (20), o filme Chico Fumaça obteve média de 0,66 ponto de audiência com pico de 1,10. O share registrou 1.52 e o alcance 2,32 pontos.

Com o desempenho, Mazzaropi ocupou o quarto lugar no ranking das audiências, alcançando 206.110 mil indivíduos na praça paulistana. A informação foi divulgada pela TV Aparecida, baseada em análise feita pela Kantar Ibope Media.

No domingo (13), O Fuzileiro do Amor coletou média de 0,43 ponto, pico de 0,59, share de 1,01 e alcance de 1,43. O filme foi assistido por 108.410 mil pessoas.

Ainda de acordo com a empresa de pesquisas, na média geral o longa cravou quinto lugar durante toda sua exibição: 12h31 às 14h15. O ponto alto de O Fuzileiro do Amor foi na faixa das 12h36 às 12h38, quando ficou em quarto lugar.

Já no domingo anterior (06), O Noivo da Girafa também deixou a TV Aparecida em quarto lugar no ranking. Na faixa das 12h28 às 13h02, o filme marcou 0,44 ponto.

Já na média geral, das 12h28 às 14h02, a atração ocupou a sexta posição com: 0,53 ponto de audiência, pico de 0,72, share de 1,22, alcance de 1,48. O Noivo da Girafa foi assistido por 133.870 mil telespectadores na Grande São Paulo.

O Festival Mazzaropi

O Festival Mazzaropi está sendo exibido na TV Aparecida durante todo o mês de janeiro, aos domingos, às 12h30. A produções ganham reapresentações às quartas-feiras, às 20h. Dia 27/01 vai ao ar Tapete Vermelho, filme em homenagem à Mazzaropi, protagonizado por Matheus Nachtergaele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais