Em novo horário, Topíssima marca maior audiência desde a estreia

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (02), a novela Topíssima, agora em novo horário (das 20h30 às 21h32), marcou a melhor audiência desde sua estreia e garantiu a vice-liderança absoluta em São Paulo. A média ficou em 10,4 pontos, resultado que, comparado ao índice dos capítulos exibidos nas quatro segundas-feiras anteriores – 8,1 pontos–, representa um crescimento de 29%.

Na mesma comparação, o share subiu 25%: foi de 11%  para 14% (repetindo seu melhor desempenho desde a estreia). O pico foi de 12 pontos. O SBT, que ficou em terceiro lugar, na mesma faixa de horário exibia o Roda a Roda e a novela As Aventuras de Poliana, e ficou com 9,3 pontos de média.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No Rio de Janeiro, a audiência também foi a segunda maior desde que a novela entrou no ar: 11,4 pontos – índice 22% superior ao da média das quatro segundas-feiras anteriores, que fechou em 9,3 pontos. O share cresceu 14% na mesma comparação: de 14%, saltou para 16%. O pico alcançado foi de 12 pontos. O SBT registrou 6,3 pontos de média na faixa horária – cinco a menos que a da trama da Record TV.

Mas não foi só Topíssima que obteve êxito na mudança de horário não. Das 21h32 às 22h33, a novela O Rico e Lázaro conquistou, em São Paulo, um crescimento de 12% na audiência na comparação com a média das quatro segundas-feiras anteriores, saltando de 5,9 pontos para 6,7 pontos no episódio exibido ontem, 02/12. O share subiu de 8% para 9% –um incremento de 16% no índice. O pico foi de 11 pontos.

No Rio de Janeiro, a produção ficou na vice-liderança isolada com ótimos índices. O episódio de ontem elevou a audiência em 10%. Subiu de 7,2 pontos no período considerado, para 7,9 pontos. O share, no mesmo comparativo, também cresceu em 10%, saltando de 10% para 11%. O pico foi de 11 pontos; o SBT obteve 6 pontos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais