Em final, Topíssima dispara como maior audiência nacional da Record TV

Publicado há 9 meses
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Novela que se encerrou na última segunda-feira (9) na Record TV, Topíssima finalizou sua trajetória cumprindo sua missão. A trama terminou sua última semana cheia sendo, disparadamente, a maior audiência nacional da emissora paulista, com larga vantagem ao segundo colocado.

Segundo dados confirmados pelo Kantar Ibope, o folhetim protagonizado por Felipe Cunha e Camila Rodrigues fechou com 9.8 pontos de média contando a média das 15 principais praças do Brasil. A segunda colocação ficou com o Jornal da Record, que fechou com 8.5 pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, pelo Brasil os números são bastante expressivos em algumas partes do Brasil. Em Salvador, o folhetim fechou com média semanal de 17,8 pontos de audiência. Já em Goiânia, o folhetim fecha com 15,3 pontos de Ibope e briga pela liderança. 

No entanto, existem cidades onde a novela não é tão vista. Em Manaus, onde a Record TV ainda está implementando uma emissora própria, a trama marca apenas 4,9 pontos de audiência. Outras cidades onde a novela vai mal são do sul do país como Porto Alegre (6,9 pontos) e Florianópolis (6,2 pontos). 

Amor Sem Igual estreou mantendo os índices de audiência

 Amor Sem Igual não estreou exatamente com o pé direito. Mesmo tendo sido o programa mais visto do dia na Barra Funda, a obra assinada por Cristianne Fridman teve um dos piores lançamentos de sua faixa.

De acordo com dados consolidados do Ibope, a saga da prostituta Poderosa (Day Mesquita) debutou com média de 9 pontos na Grande São Paulo na última terça (10). É menos do que as duas últimas novelas do horário, a inédita Topíssima (9,3) e a reprisada A Terra Prometida (9,9), atingiram em seus respectivos primeiros capítulos.

Considerando o histórico completo de suas antecessoras, Amor Sem Igualsupera apenas a estreia de Belaventura(8,1) e da reprise de Os Dez Mandamentos (6,5). Fica atrás também, portanto, de Escrava Mãe (13,9) e da reapresentação anterior de A Escrava Isaura (14,4) na mesma base de comparação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais