Edição especial de Chiquititas tem pior estreia de todo o filão infantil do SBT

Apocalipse e Jesus cresceram diante da queda do SBT

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT não se deu nada bem com a estreia da edição especial de Chiquititas. Exibido na noite de ontem (segunda-feira, 29), o primeiro capítulo deste resgate da história de Mili (Giovanna Grígio) registrou índices de audiência bastante mornos na Grande São Paulo.

De acordo com dados consolidados do Ibope, a terceira exibição da trama criada por Cris Morena começou com média de 7,9 pontos. Trata-se do pior desempenho de todas os debutou da faixa desde a inauguração do filão de novelas infantis, com Carrossel, que entrou no ar com 13 pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todas as tramas seguintes – Cúmplices de um Resgate (15), Carinha de Anjo (13,6), As Aventuras de Poliana (15) e a própria Chiquititas (14) em sua exibição original – mantiveram esse patamar em seus respectivos lançamentos.

Trata-se, portanto, do pior debute de uma novela do SBT na faixa das 20h/21 desde janeiro de 2012, quando Corações Feridos – última novela adulta produzida pela emissora – estreou com irrisórios 4 pontos na capital paulista.

Quem aparentemente se beneficiou da volta de Chiquititas foi a Record TV. Enquanto As Aventuras de Poliana, exibida na sequência da história do Orfanato Raio de Luz, marcou ontem 7,7 – seu pior desempenho em segunda-feira nas últimas 18 semanas -, a Barra Funda viu suas novelas noturnas, Apocalipse (6,2) e Jesus (5), crescerem na audiência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais