Com Pantera Negra, Tela Quente registra recorde de audiência em 2020

A sessão fez uma homenagem para o ator Chadwick Boseman

Publicado há 2 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite da última segunda-feira (31), a Tela Quente levou ao ar o filme Pantera Negra, que foi exibido pela primeira vez na TV aberta. A sessão prestou uma homenagem ao ator Chadwick Boseman, que morreu na última sexta-feira (28).

O ator ficou bastante conhecido quando interpretou o herói da Marvel no cinema, mas já havia feito algumas outras produções bastante conhecidas. A princípio, Chadwick enfrentava o câncer de colo no estágio 3, desde 2016 e com o passar dos anos evoluiu para o estágio 4.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes do início do filme, o repórter Manoel Soares abriu a Tela Quente para falar sobre a importância do filme e do ator na luta contra o racismo. “Nós somos o país com a maior quantidade de negros fora do continente africano. Eu levei 40 anos até encontrar um herói que se parecesse comigo e traduzisse os meus anseios“, afirmou.

A exibição foi um fenômeno de audiência e se tornou o filme mais assistido na TV brasileira em 2020, já que atingiu picos de 38.7 pontos. O filme fechou com 27.1 pontos de média, audiência que a emissora não via na Tela Quente desde outubro de 2019.

O filme também alcançou mais de 46 milhões de brasileiros em todo o país, o maior alcance de Tela Quente desde novembro de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais