Com ameaça de Ayla, Gênesis marca mais que o dobro da audiência do SBT

Topíssima também se manteve na vice-liderança

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite da última quinta-feira (29), Gênesis exibiu o capítulo em que Ayla (Elisa Pinheiro) ameaça abandonar seu marido, Ló (Emílio Orciollo Netto), se ele insistir em sair de Sodoma.

Com esta agitação, a trama manteve a segunda posição absoluta nas audiências de São Paulo e Rio de Janeiro. No ar na faixa das 21h às 21h57, a produção manteve o dobro da média da emissora em terceiro lugar em São Paulo: 12 x 6.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na capital paulista, Gênesis alcançou pico de 13 pontos e share de 17%. Já no Rio de Janeiro, a trama bíblica manteve média e pico de 12 pontos e share de 16%. O número representa mais que o dobro da média do canal em terceiro lugar, de 5 pontos.

Em seguida, Topíssima se consolidou na vice-liderança absoluta nas audiências de São Paulo e Rio de Janeiro, durante sua transmissão, das 21h57 às 22h41. Em São Paulo, a novela chegou à média de 6,3 pontos, pico de 12 e share de 10%, enquanto que o SBT ficou em 6,2 pontos. Já no Rio de Janeiro, a atração marcou 6,3 de média, pico de 12 pontos e share de 9%, contra os 4,6 pontos do SBT.

Vale ressaltar que os números citados se referem a medição do Kantar Ibope Media. Em São Paulo, cada ponto é referente a 76.577 domicílios e 205.377 pessoas assistindo a televisão. Enquanto que no Rio de Janeiro, são 49.809 domicílios por ponto e 125.721 cidadãos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio