Com 74 capítulos exibidos, Gênesis bate recorde e é vista por mais de 108 milhões de brasileiros

Superprodução bíblica assegurou a vice-liderança no Mercado Nacional desde a estreia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A superprodução Gênesis já foi assistida, ao menos durante um minuto, por 108 milhões e 259 mil telespectadores no Mercado Nacional, o que é equivalente a 49 milhões e 332 mil lares espalhados pelo território nacional de acordo com dados projetados no Atlas de Cobertura da Record TV 2021.

Escrita por Camilo Pellegrini, Raphaella Castro e Stephanie Ribeiro e com direção geral de Edgard Miranda, a projeção contempla as exibições inéditas do folhetim bíblico (de segunda a sexta-feira) desde estreia, em 19 de janeiro, até o 74º capítulo (no ar no dia 30 de abril de 2021).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na média do período de 19 de janeiro a 30 de abril – nas quais a novela se manteve invicta na segunda posição isolada – a audiência nacional fechou em 12,2 pontos e 18% de share, enquanto a terceira colocada ficou com 5,7 pontos. Gênesis também foi a novela bíblica com melhor audiência desde 2016, quando a Record TV exibiu A Terra Prometida, que marcou média de 14 pontos.

Oscar Magrini interpreta Noé, em Gênesis (Reprodução: Record TV)

Em São Paulo, desde a estreia até o dia 30 de abril, os capítulos inéditos de Gênesis (de segunda a sexta-feira) já foram assistidos, ao menos durante um minuto, por 11 milhões e 154 mil telespectadores, o equivalente a 5 milhões e 567 mil lares na região metropolitana.

A média geral da novela neste período de exibição, invicta na vice-liderança isolada, ficou em 12,5 pontos, além do share de 18%. A emissora em terceiro lugar obteve 6,3 pontos de média. Na praça paulistana, Gênesis também foi a produção bíblica que registrou a melhor audiência desde a exibição de A Terra Prometida, em 2016, quando marcou média de 14,5 pontos.

Carlo Porto e Juliana Boller como Adão e Eva em Gênesis (Reprodução / Twitter)

Seguem as médias de audiência dos primeiros 74 capítulos em outras praças, nas quais Gênesis também se mantém invicta na segunda posição isolada. Em Goiânia, a novela alcançou vantagem de mais de oito pontos sobre a terceira colocada, o que representa quase o dobro da concorrente: 16,7 pontos e share de 26% x 8,4 pontos de média da emissora em terceiro.

Em Belém, registrou média de 15,8 com share de 24%, contra 3,7 pontos da terceira colocada. Em Salvador obteve média de 17 pontos com share de 26%, enquanto a emissora terceira colocada marcou média de 4,7pontos. Este índice de Gênesis foi o melhor já registrado entre as produções bíblicas da Record TV na região.

No Recife, a novela manteve o segundo lugar absoluto com vantagem de quase 10 pontos sobre a terceira colocada: 13,5 pontos de média e share de 22%, contra os 3,8 pontos da emissora concorrente. Em Manaus, a média foi de 11 pontos e share de 16%. Já a concorrente em terceiro lugar ficou com média de 4,7 pontos.

Ângelo Paes Leme como Terá em Gênesis (Vinícius Muhammad / Record TV)

Em Vitória assegurou média de 12,2 pontos e share de 20% no período mencionado, contra 5,9 da terceira colocada. Em Curitiba marcou média de 11,7 pontos e share de 17%, quase o dobro de audiência da terceira colocada, que registrou média de 6,2 pontos. Esta audiência de Gênesis foi a melhor entre todas as outras produções bíblicas da Record TV na praça.

Abrão (Zé Carlos Machado) recebe um chamado de Deus (Reprodução/Record TV)

Na praça de Campinas fechou com média de 10,6 pontos e share de 16%, contra os 4,5 pontos da terceira colocada. No Distrito Federal, registrou mais de seis pontos de vantagem, fechando o período com o placar de 10,3 x 4,2. O share foi de 16%.

Na região de Belo Horizonte registrou média de 11,3 pontos e share de 17%, versus os 6,7 pontos de média da outra emissora. E em Porto Alegre consolidou o segundo lugar isolado com 8,5 pontos e share de 12%, contra os 5,4 pontos da concorrente.

**Atlas de Cobertura Record TV 2020: 197.906.809 indivíduos e 68.028.320 domicílios.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio