Balanço Geral consegue marca histórica na Bahia e atinge pico de 28 pontos de audiência

Publicado há 3 anos
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A televisão local brasileira tem um fenômeno de audiência no horário do meio-dia em Salvador. Ele atende pelo nome de José Eduardo, o Bocão, apresentador do Balanço Geral BA, na Record TV Itapoan. Segundo dados consolidados de audiência da Grande Salvador, na última sexta-feira (18), o programa atingiu o maior número da história do programa em todo o país e, consequentemente, na história dele também na Bahia.

Foram 23,4 pontos de média com picos de 28 e primeira colocação isolada nos números de audiência no horário de exibição, das 12h às 15h. Na mesma faixa, a TV Bahia/Globo, com a exibição do Bahia Meio Dia, Globo Esporte BA, Jornal Hoje e Vídeo Show, marcou apenas 12 pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já a TV Aratu/SBT, com o Ronda, Tudo Novo, Universo e Fofocalizando, obteve 6 pontos de média. Na maior diferença ente um horário e outro, das 14h às 15h, por 14 pontos de diferença.

Programas matutinos da Record TV perdem no Ibope para o SBT

Foram 23,0 pontos de média para a Record, contra apenas 9,1 da TV Bahia/Globo, que exibiu o Vídeo Show na faixa. O pico do programa foi atingido por volta das 13h10, quando confrontava com o Globo Esporte BA.

No confronto contra o programa esportivo, o Balanço Geral BA conseguiu 26,2 pontos contra 13,1 da atração local apresentada na Globo. Vale ressaltar que o Balanço Geral BA não teve nenhum fato urgente, apenas notícias e problemas cotidianos de Salvador.

O “Balanço Geral BA” é líder de Ibope há pouco menos de um ano na média, mas desde o início de 2016, consegue liderar com frequência nos números da Grande Salvador. Sua média habitual está na casa dos 17 pontos de audiência, sendo a maior de um Balanço Geral nas quinze principais metrópoles medidas pelo Ibope.

Record TV dá como certa terceira temporada do Dancing Brasil, diz colunista

Os números já incomodam há algum tempo a Globo, que, em junho, enviou uma comitiva para Salvador, querendo entender o porquê das derrotas para a Record TV no horário serem tão frequentes e imponentes dessa forma. Os números refletem a preferência de um seleto grupo de telespectadores na Grande Salvador.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais