Amor de Mãe tem pior último capítulo do horário nobre global desde O Sétimo Guardião

Folhetim teve Regina Casé como protagonista

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Amor de Mãe encerrou na última sexta-feira (9) sua exibição no horário nobre da Globo – e não exatamente com chave de ouro. A obra que marcou a estreia de Manuela Dias como autora de novelas teve um dos piores desempenhos finais recentes da faixa.

De acordo com dados consolidados do Ibope, o último capítulo da atração protagonizada por Regina Casé e Adriana Esteves registrou média de 35,7 pontos na Grande São Paulo. Trata-se do desfecho menos assistido do canal carioca às 21h desde O Sétimo Guardião (34,2).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Até mesmo as reprises de A Força do Querer e Fina Estampa, que a antecederam diretamente, conseguiram se sair melhor na mesma situação, despedindo-se do público com respectivos 36,8 e 37,6 pontos.

Até mesmo no fim de sua ‘primeira temporada’ – quando saiu temporariamente do ar por conta da pandemia – Amor de Mãe apresentou resultado ligeiramente superior, ao anotar 36.

Dos últimos folhetins exibidos pela Globo em sua principal faixa de dramaturgia, ela se sobressai apenas a Velho Chico (35,2) e Babilônia (33,5) nessa mesma base comparativa, ficando atrás de títulos como A Dona do Pedaço (44,3), Segundo Sol (41), O Outro Lado do Paraíso (48,4), A Lei do Amor (37,6) e Império (46,4) – que, por sinal, a substitui a partir de hoje (segunda-feira, 12), em caráter de ‘edição especial’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio