Malhação: Vidas Brasileiras tem pior último capítulo em quatro anos

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Malhação: Vidas Brasileiras encerrou ontem (segunda-feira, 15) sua exibição nas tardes da Globo – e não exatamente com chave de ouro. A trama escrita por Patrícia Moretzsohn, com base no original canadense 30 Vies, saiu do ar com uma das piores marcas do programa teen em final de temporada.

O último capítulo da história da professora Gabriela (Camila Morgado) anotou apenas 19 pontos de média na Grande São Paulo. Dessa forma, não apenas ficou aquém do desfecho da temporada anterior, Viva a Diferença (20), como ainda garantiu a pior audiência conclusiva de Malhação desde 2015, quando a saga Sonhos terminou com 18.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O final de Vidas Brasileiras também ficou aquém das temporadas Pro Dia Nascer Feliz (20), Seu Lugar no Mundo (26), Malhação 2010 (26) e Malhação 2009 (20). Por outro lado, superou Malhação: Casa Cheia (16), Malhação 2012 (17), Malhação Conectados (18) e Malhação ID (17).

Por outro lado, as emoções finais ajudaram esta recém-concluída Malhação a superar Cordel Encantado (18,7 x 18,6), ainda que por diferença decimal mínima. Também atingiram desempenhos expressivos no Ibope as novelas Órfãos da Terra (23,5), Verão 90 (29,2) e O Sétimo Guardião (31,8).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais